Departamento de Biologia e Ambiente

 O Departamento de Biologia e Ambiente (DeBA) é uma sub-unidade científico-pedagógica da Escola de Ciências da Vida e do Ambiente (ECVA), que integra 39 docentes (sendo apenas 2 não-doutorados), 2 investigadores (bolseiros Pos-Doc) e 22 funcionários não-docentes, dirigindo as suas actividades para a realização continuada das tarefas de ensino e investigação, de extensão universitária e de prestação de serviços especializados à comunidade nas áreas das Ciências Biológicas, Ciências Bioquímicas e Ciências do Ambiente, num contexto de interdisciplinaridade com outras áreas da Ciência e Tecnologia.
Ao nível do ensino o DeBA procura oferecer aos estudantes uma formação académica e científica actual e de qualidade, tendo adstritas perto de uma centena de unidades curriculares, distribuídas pelos diferentes níveis de formação (1º, 2º e 3º ciclos). Para além da parte curricular destes cursos, o corpo docente do DEBA também assegura o apoio científico para a realização de estágios e projectos de licenciatura, dissertações de mestrado e teses de doutoramento.
Em termos de investigação o DeBA tem alocados diversos laboratórios onde se desenvolvem estudos no âmbito da Biologia Celular e Bioenergética, Biologia Molecular, Histologia, Bioquímica Ambiental, Microbiologia e Biotecnologia dos Vinhos, Microbiologia Ambiental, Ecologia Aplicada, Solos e Fertilidade e Fisiologia Vegetal, integrando ainda o Herbário e as Unidades Experimentais de Ecotoxicologia e de Ambiente. O seu corpo docente está maioritariamente integrado no Centro de Investigação e de Tecnologias Agroambientais e Biológicas (CITAB), classificado como “Muito Bom” pela FCT, existindo porém 5 docentes que são membros do Centro de Genómica e Biotecnologia, classificado como “Excelente” e que faz parte do Laboratório Associado do Instituto de Biotecnologia e Bioengenharia (IBB - CGB), e 2 docentes que pertencem ao Centro de Química de Vila Real (CQ - VR), classificado como “Muito Bom”.
O DeBA participa, igualmente, em diversos projectos de prestação de serviços, designadamente nos domínios da análise de solos e recomendações de fertilização, da ecofisiologia e valorização das principais culturas mediterrânicas, do controlo analítico de vinhos, do diagnóstico e monitorização ambiental, de estudos de impacte ambiental, da avaliação de sistemas de gestão e tratamento de resíduos urbanos e da recuperação de paisagens degradadas. Entre as diferentes actividades de extensão levadas a cabo por membros do DeBA, merecem particular destaque: i) divulgação dos resultados obtidos em projectos de investigação em curso ou já concluídos; ii) acções de formação no domínio da gestão de resíduos, da conservação da biodiversidade e da sustentabilidade dos recursos naturais; iii) organização de eventos técnico-científicos; iv) divulgação científica no âmbito dos programas do Ciência Viva (“Biologia no Verão”, “Ocupação Científica de Jovens nas Férias” e “Jovem Cientista”) e do Dia Aberto da UTAD.